Arquivo_000.jpeg

E o que vocês já fizeram mesmo...?

Ao longo de quase 22 anos de experiência são mais de 60 projetos,

entre longas-metragens, seriados e animações. Olha, é bastante coisa!

matador small.png
 
O MATADOR (2017)

Cabeleira foi adotado pelo matador 7 Orelhas ainda bebê, no meio do mato do sertão nordestino de 1910, e criado isolado da civilização. Agora adulto, 7 Orelhas desaparece e Cabeleira então parte à sua busca, mas se depara  com um magnata francês que domina o mercado de pedras preciosas, e acaba sendo seduzido pelo poder.

Primeiro filme Original Netflix feito no Brasil.

 

direção: Marcelo Galvão

produção: Netflix Originals

 

btw small.png
O MENINO E O MUNDO (2013)

Animação de Alê Abreu que foi indicada ao Oscar de "Melhor Animação" em 2015,

narra a busca de Menino por seu pai que saiu de casa para tentar uma condição de sobrevivência 

melhor para a família, e se depara com um universo cheio de diferenças, amizades e hostilidades.

Com Supervisão de Som e Mixagem de Pedro Lima o filme foi vencedor de mais de 49 prêmios e recentemente considerado pela ABRACCINE como "a melhor Animação Brasileira de Todos os Tempos".

 

Indicado ao Oscar 2016 "MELHOR ANIMAÇÃO"
Vencedor Festival Annecy 2015 "MELHOR ANIMAÇÃO"

 

Direção : Alê Abreu
Produtora: Filme de Papel

TRPE.png
 
 
TODAS AS RAZÕES PARA ESQUECER (2017)

Antônio enfrenta uma separação de maneira bem confusa e despreparada. Para superar a perda da esposa ele terá de encarar sua neuroses, mágoas e acaba descobrindo sua capacidade de querer se entender e achar um melhor caminho de se relacionar". Uma perspectiva masculina sobre o amadurecimento.

 

direção: Pedro Coutinho

produção: Paranoid Filmes

PXF.png
 
 
PEIXONAUTA (2018)

Um dia todas as pessoas da cidade desaparecem, mas Peixonauta encontra Marina e Zico. Os três saem

em busca de onde estariam todas as pessoas em um deserto urbano aparentemente desabitado.

Em seu primeiro longa-metragem, Peixonauta estréia também a animação de técnica 2D em uma projeção 3D estereoscópica

 

direção: Célia Catunda, Kiko Mistrorigo e Rodrigo Eba

produção: Tv PinGuim